QUINTA – FEIRA SANTA: INSTITUIÇÃO DA EUCARISTIA

13 de Abril – Huambo/ Começou hoje o Tríduo Pascal, os três dias que culminarão na Ressurreição de Jesus.
Na Missa da Ceia do Senhor que celebramos em nossas paróquias, recordamos e tornamos presente, neste dia, a última ceia que Jesus compartilhou com seus apóstolos. Neste dia o nosso Arcebispo D. José de Queirós celebrou a Eucaristia na Sé Catedral.

Por meio do ritual de lavar os pés (Jo 13, 1) de doze paroquianos, todos nós nos unimos no serviço de uns aos outros.

   

Por meio da celebração desta primeira Missa e da instituição da Sagrada Eucaristia (Mt 26,26), unimo-nos a Jesus e recebemos o Seu Corpo e o Seu Sangue como se fosse a primeira vez.

                 

Após a última ceia, que foi a Primeira Missa, os apóstolos e Jesus se dirigem pelo Vale do Cedron até o Horto das Oliveiras, onde o Cristo lhes pede que orem e vigiem, enquanto Ele experimenta a sua agonia (cf. Mt 26,30). Nós também fomos em procissão, com Jesus vivo no Santíssimo Sacramento, até o altar de repouso, previamente preparado na paróquia, e que representava o Horto.

      

A liturgia de hoje terminou em silêncio. É antigo o costume de passar uma hora em adoração diante do Santíssimo Sacramento nesta noite. Para assim, permanecemos ao lado de Jesus no Horto das Oliveiras orando enquanto Ele enfrenta a sua terrível agonia.