PROGRAMA – MISSÃO ARQUIDIOCESANA

“Dar-vos-ei um coração Novo… Infundirei em vós um Espírito Novo” (Ez. 36,26)

A Arquidiocese e cada comunidade façam o seu plano.

Texto de referência: “Eram assíduos ao ensino dos Apóstolos…à fracção do Pão e às orações…à união fraterna…” (Act 2,42) 

I – ERAM ASSÍDUOS AO ENSINO DOS APÓSTOLOS

1o Grupo Temático: Paróquia Evangelizadora

Centro Principal da Conversão Diocesana

Paróquias, Missões e Centros de Evangelização

A comunidade sacerdotal: Vida; testemunho. A casa paroquial, modelo de vida; lugar de encontro. Lugar central de conversão e realização da Missão diocesana

  • A nível de Paróquias, Missões, Centros de Culto, Comunidades Religiosas, Seminários, nos diversos Movimentos de Apostolado, deve-se viver intensamente a Palavra de Deus, que será meditada na “lectio divina”.
  • Que a “Lectio Divina” seja cultivada neste ano. Para o efeito, escolham-se textos bíblicos que servirão para a referida “lectio”. Durante a semana, indiquem-se 2/3 dias em que se meditará na Palavra de Deus (Lectio), ou pode-se escolher um texto da “Evangelii Gaudium” – que é muito rico- a serem lidos na Missa (Texto Bíblico) ou numa paraliturgia (texto bíblico) ou Evangelii Gaudium.
  • Outro modo de viver a Palavra de Deus nas comunidades é a estratificação dos grupos: fiéis em geral; crianças e adolescentes; jovens; casais; vários Movimentos de Apostolado, a fim de que a mensagem a transmitir seja mais direccionada. Para o efeito, é preciso calendarizar a vivência e/ou encontros: Semanais…
  • Alguns textos (os Párocos podem escolher aqueles que acharem oportunos), para a reflexão dos fiéis: LEV 25,55; SL 103,1-22; Rm 12,1-21;1Cor.12,1-31; …

Pastoral da Evangelização

  • A Pastoral da Evangelização tem a ver com todos os agentes da Evangelização: Bispos, Sacerdotes, Religiosos (as), Catequistas e Líderes dos Movimentos de Apostolado. Aos ministros ordenados se pede que as suas homilias tenham sempre o espírito celebrativo do Ano Jubilar, fazendo ressaltar os aspectos mais característicos do mesmo. A eles cabe animar, incentivar as comunidades a eles configuradas, servindo sempre de orientadores. Aos outros agentes da Evangelização (Religiosos(as), catequistas, lideres dos movimentos), cabe, depois e uma pequena reciclagem, expor os conteúdos do material para a vivência do Jubileu, auxiliados obviamente, por indivíduos oportunamente escolhidos pelo Bispo da Diocese.
  • Os Párocos e seus Vigários, os Reitores dos Centros de culto, e seus colaboradores devem ser os primeiros responsáveis pela organização dos grupos existentes na Paróquia (Crianças, Jovens, Casais, Adultos…) pela distribuição do material/subsídio a ser transmitido e pela reciclagem dos Líderes.
  • Que cada Paróquia e Centros façam o seu plano de Missão diocesana. Veja os pontos fracos, os dez pecados paroquiais e procure durante o ano convertê-los.
  • Que sejam calendarizados, a nível da Diocese, os momentos vivenciais mais marcantes do Jubileu. Haverá algumas Igrejas Jubilares (onde se farão algumas celebrações especiais), e as Vigararias terão o seu plano e actos (onde se celebrará de modo particular o Jubileu), em zonas mais ou menos próximas, para facilitar a aglomeração dos fiéis que se encontram na referida zona.
  • Nos Seminários e nas Comunidades Religiosas devia-se viver o Jubileu com reflexões e exposição de um tema de carácter Teológico, pastoral, catequético, cultural… e que daí saísse um opúsculo/caderno.
  • Cursos: Catequistas… leigos… etc.

 A Figura do Evangelizador: Todos Somos Evangelizadores

2º Grupo Temático: Catequese

  • O primeiro púlpito da catequese é a homilia. Depois de se expor os conteúdos bíblicos dos textos, devia-se registar/deixar sempre alguns minutos para a catequese.
  • Nas Missões, Paróquias e Centros de Culto devia-se organizar uma catequese para os diversos grupos: crianças (depois da 1ª Comunhão), jovens (depois de Confirmação), adultos (casais, famílias solteiras, divorciados, amigados) com temas específicos para cada grupo, em períodos favoráveis à participação de todos (Sábados/Domingos). Livros…
  • Cursos de Catequistas: Urbanos e Chefes de comunidades…

Catecumenato

  • O Catecumenato foi sempre considerado na Igreja como um meio eficaz que fazia verdadeiros cristãos. Os que aderem a fé devem fazê-lo por livre e deliberada iniciativa. O catecumenato constitui esta dimensão. Que se faça em Paróquias – pilotos, elaborando-se um manual e/ou orientações para a sua vivência.
  • O Catecumenato deve ser estratificado: adolescentes, adultos,.. e os conteúdos devem ser diversos, segundo as idades. O tempo da sua vivência deve obedecer às idades.
  • Que a comunidade seja envolvida no acompanhamento dos catecúmenos, a fim de suscitarem a outros a integrarem-se nesta etapa da vida muito forte.
  • Que seja legislado, a nível da Diocese, um “Ordo” para os catecúmenos a ser seguido em todas as Paróquias/Comunidades.

O Dia do Senhor

  • Como celebrar o dia do Senhor
  • Missas vespertinas… Adoração…

3o Grupo Temático: os Afastados da Fé

Organizar a pastoral para estes grupos: identificá-los e evangelizá-los.

  • Os grupos de afastados modernos: drogados…centros de corrupção (casa de vídeos).
  • O mundo ateu, relativista, ou os afastados da vida cristã. Recuperação dos que caíram.

Islão: Grupos Islão… Pastoral concreta de cada comunidade diante da realidade.

Ecumenismo… As Seitas – Ver doutrinalmente a problemática

  • História da Igreja… Tradição.
  • Pontos principais que as seitas apresentam aos fiéis.

II – ERAM ASSÍDUOS À FRACÇÃO DO PÃO E ÀS ORAÇÕES

1o Grupo temático: Sacramentos de Iniciação, Catecumenato

  • Os três sacramentos de Iniciação.
  • Eucaristia, centro da Vida cristã.
  • Matrimónio

2o Grupo Temático: Sacramentos de Cura

  • Sacramento da Penitência
  • Unção dos doentes

3o Grupo Temático: Ministérios: Leitores, e Acólitos e Ministros Extraordinários da Comunhão aos Doentes…

  • Que sejam administrados novos cursos e reciclagem para os antigos.
  • Sacramentais
  • Orações
  • Peregrinações, Vigílias, Adoração ao Santíssimo.
  • Óbito Cristão, Alambamento.

III – ERAM ASSÍDUOS À COMUNHÃO FRATERNA

APOSTOLADO:

1o Grupo Temático: Comunidade em Missão

  • Ad Intra: Espírito Missionário, Povo de Evangelizadores.
  • Ad Extra: Periferias das Paróquias e Missão ad Gentes.

Situações de urgência:

  • Pastoral das Cadeias.
  • Pastoral dos Hospitais; Lar dos idosos; Crianças.
  • Pastoral dos Tóxico-dependentes (Droga e álcool).
  • Pastoral Familiar: amigados, Pro-Vita.
  • Pastoral específica: Escolas Católicas, ACGD…

2o Grupo Temático: Economia

  • Sentido da Auto-Sustentabilidade
  • Contabilidade nas Paróquias

Esquema único de Contabilidade. Formação e Gestão de contas e bens para tesoureiros paroquiais e dos Movimentos; Contribuição à Diocese. Prestação de Contas.

  • Côngrua.

3o Grupo Temático: Serviços Sociais e Caridade

  • Caritas organizadas:
  • Caritas Arquidiocesana e Paroquiais
  • Campanhas ad Extra: Calamidades, Situações…
  • Situações de pobreza e necessidades: idosos abandonados, lepra…
  • Campanhas de Sanidade básica (Saúde Pública)
  • Pastoral aos doentes: Equipas de visitas.
  • Organizar doadores de Sangue e outros serviços de urgência
  • Serviço em grupo das Obras de Misericórdia.

4o Grupo Temático: Serviços Administrativos

  • Organização dos cartórios e serviços administrativos
  • Modernizar Cartórios e Arquivos. Inventários
  • Criar Base de Dados
  • Atendimento