LOGOTIPO DO JUBILEU

Para este Jubileu temos o logótipo com o qual exprimimos o significado destes 75 anos de peregrinação como Família Diocesana.

No logótipo vemos a imagem da Sé Catedral, Igreja mãe e central para nós. Esta tem um lugar central no logotipo porque é nossa casa, lugar onde nos reunimos como família; as cores azul e branca falam-nos da presença da nossa Querida Mãe Maria Santíssima, Mãe da Igreja, Mãe de Angola que ao longo dos 75 anos nos acompanhou, guiou os nossos passos, nos cuidou e ainda está connosco.

Sobre a Igreja está desenhada a Montanha do Luvili, montanha representativa da Província Huambo por ser a primeira que encontramos ao chegar ao Huambo, sendo assim uma referência geográfica. Esta montanha representa o lugar onde, nós como peregrinos nesta terra, como povo de Deus, nos encontramos com Senhor, como nos mostra o Antigo Testamento. Os 75 anos foram uma subida do Povo de Deus ao Monte da Salvação. (Is 25,6-9).

No início da montanha estão o Pão e o Vinho, símbolos da Eucaristia, Alimento Espiritual para o Povo de Deus em marcha para o Alto do Monte, viático para os peregrinos. Sacramento central da nossa fé, e presença real de Cristo, onde cumpre a sua promessa: “Eu estarei convosco até o fim dos tempos” (Mt 28,20). Assim vemos a presença amorosa de Deus nestes 75 anos, alimentando-nos e fortalecendo-nos nesta peregrinação de fé com o Seu Corpo e o Seu Sangue. É assim, que como Família Diocesana subimos juntos, caminhamos juntos ao encontro de nosso Senhor, alimentados pelo viático que nos salva. Por isso, reconhecemos a necessidade de ter cada dia Jesus na Eucaristia, como centro das nossas vidas, para que como Família em Cristo unida, comprometida e reconciliada cheguemos até ao cimo do Monte da Salvação.

O número 75 representa os anos da nossa história de fé. Por isso, agradecemos a Deus e lembramos com alegria o que hoje celebramos.

Dentro da parte amarela está escrito o Lema do Jubileu: “Família em Cristo Reconciliada, Unida e Comprometida”; que, como inspiração do Espírito Santo, temos para este Ano Jubilar, ajudando-nos a representar a presença do mesmo Espírito Santo na Igreja.

Por último, mas não menos importante, está a orla vermelha que encerra todo o logótipo, representando assim o amor infinito (sem princípio nem fim, como um círculo), incondicional e misericordioso (perdoa todos os nossos pecados, infidelidades ao longo da nossa história) de Deus. Ele, ao longo dos 75 Anos da História da nossa Arquidiocese, nos mostrou o Seu amor, cuidando-nos, escutando as nossas alegrias e tristezas, respondeu às nossas necessidades e nos amou, ama-nos, ensinando-nos a amar como Ele.